João Amós Comênio




A educação da juventude se processará facilmente se começar cedo,antes da corrupção das inteligências.

João Amós Comênio

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

As letras K, W e Y são consideradas consoantes ou vogais?








Um dia desses uma colega  estava com uma grande dúvida  ....    espero que essa     informação possa ajudar a todos. 



Conforme o novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa, as letras K, W e Y foram incluídas no alfabeto e obedecem às regras gerais que caracterizam consoantes e vogais. Do ponto de vista fonético-fonológico, consoante é um fonema pronunciado com a interrupção do ar feita por dentes, língua ou lábios. Já a vogal é um fonema pronunciado com a passagem livre do ar pela boca. Outra distinção entre um grupo e outro de letras recai sobre a pronúncia: a consoante precisa de uma vogal para formar sílabas e ser pronunciada, e a vogal, não. Ela se basta. 

Seguindo essas regras, o Y é uma vogal, já que foi traduzido do alfabeto grego como I e mantém esse som nas palavras em que é usado, como em ioga. Quando aportuguesada, a palavra originalmente grafada com Y passa a ser grafada com I - como em iene, moeda japonesa. O K corresponde, em português, ao som do C ou QU - como vemos em Kuait -, sendo considerado consoante. Já o W deve ser empregado de acordo com sua pronúncia na língua original, isto é, ora com som de V, quando proveniente do alemão (como Wagner), ora com som de U, quando de origem inglesa (caso de web). Com isso, a letra W é considerada consoante ou vogal, conforme o uso.
Consultoria Mauricio Silva, da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, RJ.
Fonte : revistaescola.abril.com.br


Um comentário:

Gi Barbosa - Ideia Criativa disse...

Oi linda!

Também já havia publicado esse texto a cerca de um ano... E na verdade tava vendo faz algum tempo o programa do Patati e Patatá no SBT e em uma das brincadeiras a criança disse que Y era consoante e eles disseram que estava correto... No fim dá um nó na mente da criança e são coisas que o professor precisa saber ... Obrigada pela preocupação e por compartilhar conosco. Bjão